I Congresso Internacional de Ciberjornalismo

Live Coverage

Mario Tascón – “Los periódicos de mañana, ¿se llamarán periódicos?”

Posted by obciber em 12/12/2008

Hoje, os utilizadores produzem uma fatia considerável do conteúdo dos media online, comparando com o papel, e os conteúdos desses media são apenas metade informação (em oposição a quase 100% informação nos jornais tradicionais), sendo o resto ocupado por entretenimento e serviços, explica Mario Tascón.

tascon_obciber

A diferença principal está nos formatos, considera: o papel dividia-se em muito texto e algumas imagens, mas hoje na web há de tudo, de texto ao áudio e vídeo, passando por outros formatos. No entanto, segundo Mario Tascón, as edições digitais dos media tradicionais são semelhantes entre si, sejam televisões, rádios ou jornais, porque o meio é o mesmo.

Através de widgets, aplicações, RSS, a informação torna-se personalizada e os jornais colocam-se à disposição dos utilizadores: “que pedaço de informação deseja e onde deseja pô-lo?” Os novos meios digitais procuram o seu lugar, mas 75% do “queijo” online já pertence à Google, à Yahoo e à Microsoft, explica Mario Tascón.

Com o novo lugar de destaque, os media digitais ganham cada vez mais influência política, segundo o autor do blog 233 grados.

Com todas estas novas funcionalidades, o processo de elaboração dos conteúdos complica-se: os utilizadores passam a fontes (e as próprias fontes se multiplicam) e é necessário produzir mais rapidamente  e com novos equipamentos e formação. A narrativa também muda porque o texto já não é suficiente e a forma torna-se indissoluvel do conteúdos, eles próprios levados a adoptar formas diferentes para os diferentes suportes (TV, computador, telemóvel).

Mario Tascón está prestes a lançar um novo projecto, o Proyecto i.  Pretende quebrar a estrutura tradicional hierárquica na redacção, adoptando uma estrutura em rede, misturar os três actores da comunicação – profissionais, utilizadores e robôs, e tenciona obter a maior parte da informação da rede criada (“com outros editores e blogs”), em detrimento das agências e dos utilizadores.

Anúncios

Uma resposta to “Mario Tascón – “Los periódicos de mañana, ¿se llamarán periódicos?””

  1. […] uma apresentação excelente sobre o futuro dos e os jornais do futuro, cujo resumo pode ser lido aqui. Entre referências à campanha de Barack Obama usando ferramentas de social media e que futuro […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: